Doenças da tireoide

Como prevenir doenças da tireoide?

A glândula da tireoide está localizada no pescoço. Com o formato semelhante ao de uma borboleta, essa glândula endócrina responsável por produzir os hormônios T3, triiodotironina,  e T4, tiroxina, no organismo. Dentre as funções dos hormônios produzidos pela tireoide estão o controle de temperatura, batimentos cardíacos, memória, fertilidade, concentração, crescimento de pelos, intestino e ciclo menstrual. Por isso, quando há algum distúrbio na tireoide, várias áreas do organismo podem ser afetadas.

Doenças da tireoide são patologias comuns, sendo que as disfunções provocadas pelo aumento ou pela diminuição da produção dos hormônios atinge, principalmente, a população feminina. No entanto, pessoas de qualquer idade podem ser afetadas com disfunções tireoidianas. Quando acomete bebês, por exemplo, as alterações possuem origem congênita. Por isso a importância de se realizar o teste do pezinho logo após o nascimento.

Quais doenças atingem a tireoide?

Hipertireoidismo e hipotireoidismo

Quando a produção de hormônios é excessiva, chamamos de hipertireoidismo, já quando a produção é ineficiente ou inexistente, é chamada de hipotireoidismo.

Doença de graves

A Doença de Graves é caracterizada pela produção excessiva de hormônios na tireóide, causando o hipertireoidismo. Ela é uma condição autoimune, ou seja, o próprio sistema de defesa do organismo ataca a tireoide, neste caso, provocando alterações.

Tireoidite de Hashimoto

A tireoidite de Hashimoto é uma doença autoimune, ou seja, o próprio sistema imunológico ataca e destrói as células saudáveis do corpo, no caso, a tireoide. A doença causa uma inflamação da glândula da tireoide, gerando, assim, uma condição de hipertireoidismo que depois evolui para hipotireoidismo.

Bócio

O aumento da glândula da tireóide é denominado de bócio. Quando nesse estado, a glândula pode ficar visível no pescoço. Dentre as principais causas estão os distúrbios da tireoide, como o hipertireoidismo e hipotireoidismo. Ele pode aparecer também pela carência de iodo na dieta, por infecções, pelo uso de medicamentos e também em casos de tumores benignos e malignos.

Nódulos na tireoide

Os nódulos da tireoide são células que se desenvolveram mais do que deveriam. Eles podem ser compostos por massa de tecido ou por cistos.

Como os nódulos são uma massa aumentada da tireóide, eles podem começar a produzir grandes quantidades de hormônios. Provocando, assim, o hipertireoidismo.

Como prevenir doenças da tireoide?

A principal maneira de se prevenir alguma doença que afete a tireoide é a ingestão adequada de iodo. Esse mineral é essencial para a produção dos hormônios T3 e T4. No entanto, o consumo tanto excessivo quanto insuficiente do iodo são capazes de alterar seu funcionamento provocando tanto o hipotireoidismo quanto o hipertireoidismo. A recomendação diária de iodo é de cerca de 150 microgramas. Ele pode ser encontrado no sal de cozinha, em frutos do mar e em peixes como salmão e bacalhau. Em vista disso, é preciso manter o controle na ingestão do iodo com o objetivo de evitar alterações na tireoide.

Pesquisas científicas também apontam relação entre fórmulas emagrecedoras com disfunções na tireoide. Por conter uma mistura de diuréticos, anfetaminas, laxantes, tranquilizantes e hormônios, essas fórmulas são capazes de provocar alterações significativas na glândula da tireoide. Além disso, essas fórmulas podem desencadear efeitos sobre o coração, taquicardia, hipertensão, diarreia, alteração no fluxo menstrual entre outros.

De uma maneira geral, as doenças da tireoide possuem diversas causas. No entanto, com uma alimentação saudável é capaz de prevenir o surgimento dessas alterações. Uma alimentação saudável, além da prática de atividade física, são essenciais não só para evitar problemas de tireoide, como também uma série de outras patologias.

Quer saber mais? Estou à disposição para solucionar qualquer dúvida que você possa ter. Ficarei muito feliz em responder aos seus comentários sobre este assunto.

Leia outros artigos e conheça mais do meu trabalho como pediatra em Belo Horizonte! 

O que deseja encontrar?

Compartilhe